Acessibilidade

Centros de Convivência da Família e do Idoso retomam atividades no dia 10 de agosto

 

Texto: Emanuel Siqueira/ Fotos: Miguel Almeida

Os Centros de Convivência da Família e do Idoso, administrados pela Secretaria de Estado de Assistência Social (Seas), retomam suas atividades na próxima segunda-feira, 10 de agosto. A medida segue as orientações do programa de Retorno Responsável do Governo do Amazonas, que estipula uma série de cuidados para evitar o contágio pela Covid-19.

O anúncio aconteceu nesta quinta-feira (06/08), no CECF Magdalena Arce Daou, no Santo Antônio. Na oportunidade, servidores dos sete centros de convivência receberam capacitação sobre prevenção à Covid-19 e kits com equipamentos de proteção individual, entregues pelas secretárias Maricília Costa (titular), Michelle Bessa (executiva) e Andréa Cidade (adjunta). Os idosos terão uma atenção especial no retorno das atividades.

“O governador Wilson Lima nos orientou para que nós cuidássemos dessa população, oferecendo para eles kits de higiene principalmente. Nós vamos ter todo um cuidado com eles (idosos), que não vão frequentar todos os dias porque, neste momento, não podem retornar todos de uma vez”, disse a titular da Seas, que anunciou que os centros de convivência terão material informativo e orientações sobre a necessidade de manter o distanciamento social e o retorno gradativo.

Segundo a diretora do Departamento de Proteção Social Básica (DPSB) da Seas, Selma Melo, o retorno gradativo segue as orientações da Fundação de Vigilância em Saúde (FVS-AM) e do Ministério da Saúde.

“Nós estamos buscando ofertar um atendimento com os cuidados de segurança, conforme essas orientações, e os trabalhos continuarão sendo desenvolvidos nos centros de convivência com atendimento psicológico, cursos e visitas domiciliares aos nossos usuários”, explicou Selma.

Orientações:

Funcionamento a partir de segunda-feira, 10 de agosto:

  • Horário: 8h às 20h, de segunda a sexta-feira (público em geral);
  • Atendimento psicossocial das 8h às 17h (com agendamento);
  • Tempo de permanência: até 1 hora, em áreas de convivência;
  • Uso obrigatório de máscara com cobertura total de nariz e da boca;
  • Deve-se evitar aglomerações.

Atendimento:

  • Mediante agendamento para atendimento individual (demanda espontânea) e realização de visitas domiciliares;
  • Capacitação interna com especialista na área da saúde sobre o uso correto da máscara, EPIs e cuidados essenciais para a saúde;
  • Serão adotadas medidas de organização dos espaços;
  • Os trabalhos serão realizados, ao longo do dia, para evitar a concentração de atividades em um só turno;
  • Haverá orientação sobre a distância de 1,5 metro entre as pessoas na área dos atendimentos.

Atividades:

  • Atividades em recinto fechado deverão ocorrer, se possível, com janelas abertas para facilitar a circulação de ar;
  • Caminhadas: ocorrerão de segunda a sexta-feira, no horário das 6h às 20h, com uso obrigatório de máscaras e respeitando as regras de distanciamento social;
  • Concessões de espaço nas quadras, jogos de sinuca e dominó: a partir do dia 10 de agosto de 2020, de segunda a sexta-feira, no horário das 8h às 20h. Entrada de, no máximo, 15 pessoas por horário. Cada time poderá utilizar o espaço pelo tempo de uma hora na semana.
  • Uso dos espaços: a partir do dia 10 de agosto de 2020, utilizando 50% da capacidade de cada local;
  • Previsão de início de atividades com grupos de convivência: 10 de agosto, respeitando 50% da capacidade de cada local, além do cumprimento das orientações de distanciamento e higiene.

Reportar Erro